Tecnologia e Inovação

Radar para o monitoramento de fauna vertebrada voadora

O Sistema de radar quando instalado na área do empreendimento pode monitorar movimentos de massa de aves migratórias. O sistema de pulsos do radar estático quantifica as distribuições espaço-temporais da migração de aves e fornece informações de parâmetros de voo. O equipamento detecta a velocidade e direção de voo e fornece classificação em tempo real dos alvos baseado na frequência das batidas das asas.

A Biometria está apta para realizar estudos de fauna vertebrada com precisão para projetos eólicos continentais e off-shore.

VANT

Mapeamento Aéreo – Produção de mosaicos ortorretificados de alta resolução para uso em processos de licenciamento ambiental, cadastramento fundiário (identificação e contagem de culturas* e benfeitorias), análise de interferências ambientais, mapeamento de recursos hídricos, entre outros.
*Apenas em alguns tipos de cultura.

Inspeções Ambientais – Inspeções através de fotos, filmagens e modelagem 3D em áreas de difícil acesso ou onde há elevado risco ao acesso humano. Alguns exemplos de inspeções:
• Identificação de comunidades isoladas;
• Inspeção de redes de transmissão;
• Inspeção de aplicação das SSO em obras.

Monitoramento – O monitoramento consiste no acompanhamento regular de diversas atividades e/ou condicionantes ambientais, como por exemplo:
• Processos erosivos e encostas;
• Reflorestamento;
• Desenvolvimento e andamento de obras;
• Fiscalização e gestão ambiental de obras;
• Monitoramento de incêndios e atividades ilegais;
• Monitoramento de diversos parâmetros em áreas de difícil acesso, entre outros.

Modelagem 3D do Terreno – A partir dos Modelos Digital de Superfície e do Terreno (MDS e MDT, respectivamente) é possível gerar o modelo 3D do terreno e medir volumes, áreas, cotas de qualquer ponto, distâncias e curvas de nível, auxiliando na análise topográfica da área.

AnaBat Detector

O estudo de quirópteros (morcegos) representa um desafio para os profissionais da área ambiental, uma vez observado o comportamento noturno discreto destes animais, associado a movimentação aérea das espécies do grupo. O levantamento eficaz de ocorrência e atividade destes animais em uma dada área depende da utilização de artifícios tecnológicos, e dentre estes os detectores de ultrassom de destacam, fazendo uso da captação das emissões sonoras de alta frequência características deste grupo da fauna, uma espécie de radar biológico.

O Anabat Detector utiliza um sistema de captação e registro de ultrassons, capaz de detectar não somente a presença destes animais, mas permitindo também discriminar as variações de frequência e intensidade das emissões ultrassônicas. Desta forma, é possível identificar tipos de comportamento, bem como os táxons envolvidos (famílias, gêneros, espécies), a partir de uma base de dados de emissões discriminados.

ISO 9001:2015

Com o objetivo em ser referência no setor eólico brasileiro e acreditando na melhoria contínua como impulsionador desta meta a Biometria está finalizando os processos para obtenção da ISO 9001:2015 em Monitoramento Socioambiental de Parques e Complexos Eólicos em Operação.

A experiência da Biometria em projetos eólicos a nível nacional aliado a procedimentos de gestão internacionalmente reconhecidos faz com que sejamos a melhor opção de consultoria ambiental para o monitoramento de empreendimentos eólicos na fase de operação.

Personalização de materiais gráficos e digitais

Um das preocupações da Biometria é de gerar materiais e resultados personalizados aos seus contratantes. Estes matérias tem não somete o cunho de trazer os resultados necessários e esperados pelos estudos contratados à Biometria, mas também ter uma forma e apresentação que permita ao contratante (empreendedor) utilizar esses materiais para fins de divulgação, promoção e/ou fortalecimento de suas marca e de relações sociais. O apelo visual e informativo confere um caráter agradável e formal a matérias do tipo, apresentações, revistas, boletins, folders, Relatórios de Impacto Ambiental (RIMA) altamente personalizados, entre outros que poderão ser utilizados na divulgação genuína da imagem e dos objetivos de cada empreendimento

Boroscopia

A Biometria sempre se destacou pelo uso de equipamentos e novas tecnologias na amostragem de fauna. Entre a gama variada de equipamentos utilizados está o Boroscópio, um equipamento que permite o alcance de imagem e resultados em locais inacessíveis ao olho humano. Trata-se de uma sonda com microcâmera digital em sua ponta que permite a varredura de locais de acesso difícil ou inexistente para o registro da presença e identificação de fauna em abrigos, tocas, ocos de árvores, entre outros ambientes específicos e de difícil acesso.

Sensoriamento remoto

Uma série de métodos voltados à obtenção de informação remota (sem contato direto com o objeto estudado) aplicados na atualidade possibilitam ganhos na precisão, abrangência e agilidade dos estudos ambientais. A utilização de imagens aéreas (aviões) e orbitais (satélites),a partir de sensores de grande capacidade, consiste na mais conhecida e eficaz técnica de sensoriamento remoto aplicada à área ambiental, permitindo a realização de um grande número de análises temporais e espaciais de grandes áreas, de forma padronizada.

Através da utilização de algoritmos de análise e métodos computacionais, as imagens podem ser convertidas em diferentes informações ambientais pela análise da resposta da superfície à incidência da luz e outras ondas eletromagnéticas, registrada como intensidade de resposta em imagens digitais com referência geográfica (georreferenciadas). O produto mais comum deste tipo de ferramenta consiste nos mapas de uso e cobertura do solo, porém a quantidade de aplicações ambientais desta ferramenta é muito mais ampla.

Ecobatimetria

Os estudos de rios e lagos abrangem, dentre uma diversidade de análises, a determinação da profundidade em diferentes pontos e do leito (fundo) destes elementos, possibilitando a determinação de volumes e vazões. Apesar de representar um aspecto físico de relativa simplicidade, ainda hoje são muitas vezes utilizadas técnicas arcaicas e pouco precisas de determinação da profundidade em corpos hídricos.

A ecobatimentria consiste em uma técnica de obtenção eficaz e ágil de dados de profundidade. Na ecobatimetria, um sonar de captação de dados de profundidade é associado a um receptor de GPS, para determinação conjunta da localização plana à profundidade em um dado ponto. A ecobatimetria permite a realização rápida e precisa de perfis batimétricos, modelos de profundidade, extração de isóbatas e determinações de volumes.

Monitoramento por microchip

Os estudos de fauna envolvem uma série de diferentes objetivos e métodos, incluindo aqueles voltados ao monitoramento e avaliação de populações em ambientes abertos. A principal premissa e dificuldade destes estudos consiste na identificação de indivíduos em diferentes momentos do monitoramento, visto que a maioria das espécies não possui padrões de identificação externos.

A utilização de microchips consiste numa metodologia eficaz e precisa de marcação de animais, sem incidir em sofrimento ou quaisquer danos a integridade e saúde do indivíduo. Os animais capturados recebem um microchip de identificação individual, permitindo a identificação do mesmo em futuras recapturas do animal. Após identificados, marcados e aferidas as características necessárias, os animais manejados são retornados à natureza em plenas condições de saúde e sobrevivência.

Caxias do Sul / RS

Rua Silveira Martins, 1595
CEP 95082-000
Bairro Cristo Redentor

João Câmara / RN

Av. Antônio Severiano da Câmara, 1983 B - CEP 59062-360
Bairro Centro

w

54 3039.2001 | 54 3039.2002

biometria@biometriars.com.br

Caxias do Sul/RS

Rua Silveira Martins, 1595
CEP 95082-000 - B. Cristo Redentor

João Câmara / RN

Av. Antônio Severiano da Câmara,
1983 B. - 
CEP 59062-360 - B. Centro