Blog

Blog

Educação Patrimonial e o Teatro de Bonecos Popular do Nordeste

9/Sep/20

O Teatro de Bonecos Popular do Nordeste é uma expressão cultural de caráter coletivo que está fortemente associada a práticas sociais, além disso, envolve a produção de conhecimento criativo, artístico e com uma forte carga de representação teatral de seus praticantes. Ele é reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e é praticado na região Nordeste do Brasil. Dependendo do lugar, ele pode receber diferentes denominações, tais como: Mamulengo, Babau, João Redondo, Cassimiro Coco e Calunga.

O IPHAN, por meio da Instrução Normativa IPHAN N°01/2015 estabelece procedimentos a serem observados nos processos de licenciamento ambiental, tais como, a necessidade do cumprimento do Projeto Integrado de Educação Patrimonial. Esses projetos visam valorizar os personagens locais, dando-lhes visibilidade, promovendo a transmissão de saberes, além de levar informação e fortalecer a noção de preservação do Patrimônio Cultural. Por meio desses projetos realiza-se um processo reflexivo, pelo ato educativo, em relação aos bens existentes relacionados à comunidade, obtendo-se o reconhecimento e valorização desses bens.

Mestre Chico Bento Calungueiro e seu boneco Onofre Americano.

A Roda de Calungo está entre as ações do Projeto Integrado de Educação Patrimonial que a Biometria Consultorias e Projetos está executando no Complexo Eólico Serrote da Qair Brasil, localizado no município de Trairi -CE. A Roda de Calungo é apresentada pelo Mestre Chico Bento Calungueiro e pela sua equipe. O Mestre Chico Bento Calungueiro, como é conhecido o senhor Francisco Furtado Sobrinho, é morador da Comunidade de Córrego dos Furtados, em Trairi. Ele desenvolve um trabalho de referência para o Bem Cultural Registrado do Teatro de Bonecos Popular do Nordesteseu trabalho é reconhecido pelo Governo Estado do Ceará, como Mestre da Cultura, e pelo IPHAN por meio do Programa Nacional do Patrimônio Imaterial (PNPI). Na Roda de Calungo o Mestre Chico apresenta alguns de seus bonecos, como o Onofre Americano, a Pantera do Mês de Maio, o ET, e o Cassimiro Coco. Essas brincadeiras, como é conhecido o teatro, fazem com que ocorra a valorização do Bem, junto a comunidade e os envolvidos na instalação Complexo Eólico, e promovem também a transmissão de saberes. Personagens locais como o Mestre Chico Bento Calungueiro devem ser sempre valorizados e enaltecidos, pois representam a identidade cultural brasileira. 

 

Fontes consultadas: 
IPHAN. Dossiê Interpretativo do Teatro de Bonecos Popular do Nordeste. BRASÍLIA, 2014 

GEO SOLUÇÕES AMBIENTAIS LTDA. Plano de trabalho Programa de gestão dos bens culturais registrados e Projeto integrado de educação patrimonial Complexo Eólico Serrote Trairi / CE. Fortaleza, 2019.

MINISTÉRIO DA CULTURA. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001, DE 25 DE MARÇO DE 2015. Estabelece procedimentos administrativos a serem observados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional nos processos de licenciamento ambiental dos quais participe. 

Caxias do Sul / RS

Rua Silveira Martins, 1595
CEP 95082-000
Bairro Cristo Redentor

João Câmara / RN

Av. Antônio Severiano da Câmara, 1983 B - CEP 59062-360
Bairro Centro

w

54 3039.2001 | 54 3039.2002

biometria@biometriars.com.br

Caxias do Sul/RS

Rua Silveira Martins, 1595
CEP 95082-000 - B. Cristo Redentor

João Câmara / RN

Av. Antônio Severiano da Câmara,
1983 B. - 
CEP 59062-360 - B. Centro